• Carlos Rio

As maravilhas de Portugal!


Por terras transmontanas, entre Fafião e Pitões das Júnias, os interesses de um fotógrafo de natureza são inúmeros! Paisagens de tirar o fôlego, gastronomia local fabulosa, ainda por cima na companhia de amigos com os mesmo interesses, tornam uma viagem por estas terras numa experiência maravilhosa e criam uma enorme vontade de a repetir. Locais mágicos que gostam de marcar a nossa passagem.


São locais que muitas vezes, quando se pára para observar, para sentir o vento, ouvir o silêncio do planalto, quando se perde a noção do nosso tamanho perante as gigantes fragas, nos fazem esquecer o que aquelas paragens mais nos podem dar. E chega a hora do almoço!

O tal cozido! É que as paisagens não nos tiram só o fôlego. Também nos tiram o fastio, melhor dizendo, abrem-nos o apetite! Pois, eu sei que alguns devem estar a pensar: "Que caras são essas a olhar para o cozido em vez de o comer"? Pois é, eu e o Rui desesperávamos enquanto a Ana registava o glorioso momento e, claro, tinha que ser exigente para fazer o registo que o manjar exigia! Enfim, um momento solene!

Estas paragens deixam-nos sentir orgulhosamente Portugueses e fazem-nos sentir muito bem. No fim do almoço faz-se uma caminhada até ao carro... E vão-se conhecer novos recantos, identifica-se a cobra que tinha acabado de ser morta ao atravessar a estrada e, de vez em quando, a pestaninha quer-se fechar, talvez o efeito do almoço ligeiro! Enfim, um dia muito bem passado a visitar maravilhas de Portugal!


Ah, pois... a viagem era mesmo para fotografar! E fez-se qualquer coisa.


Picanço-de-dorso-ruivo (Lanius collurio)


Sombria (Emberiza hortulana)



Trigueirão (Emberiza calandra)



Bútio-vespeiro-ocidental (Pernis apivorus)